PROJETO E CÁLCULO DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM DO TIPO A E C

O QUE SÃO SISTEMAS DE ANCORAGEM PARA TRABALHOS EM ALTURA? QUAIS SÃO SUAS UTILIZAÇÕES?

É obrigatória a utilização de sistemas de proteção contra quedas sempre que não for possível evitar o trabalho em altura. As soluções mais comuns para a proteção dos colaboradores para os locais de trabalho onde haja o risco de quedas estão nos Sistemas de Proteção Individual Contra Quedas (SPIQ), projetados para as seguintes utilizações:

  • Restrição de movimentação.

  • Retenção de Quedas.

  • Posicionamento no trabalho.

  • Acesso por cordas.

Sistemas de ancoragem são parte integrante de um SPIQ e pode incorporar um ou mais pontos de ancoragem aos quais podem ser conectados equipamentos de Proteção Individual (EPI) contra quedas, diretamente ou por meio de outro componente. Esses sistemas devem ser projetados para suportar as forças aplicáveis decorrentes de uma queda de altura.

E os dispositivos de ancoragem estão entre as propostas mais vantajosas para se oferecer um ponto de ancoragem seguro para os trabalhadores em altura.

Informações Gerais

ATENÇÃO

  • Uso adequado das instalações do campo de treinamento sob orientação dos instrutores.
  • Durante todo o curso é obrigatório usar: camiseta, calça comprida e tênis/bota de segurança, cabelos longos devem estar presos com coque.
  • Não é permitido o uso de regatas ou bermudas.

CONDICIONAMENTO FÍSICO: É recomendável aos participantes possuírem um bom condicionamento físico compatível com os esforços físicos exigidos para o desempenho dos exercícios práticos obrigatórios contidos no programa. Os participantes deverão declarar que não possuem qualquer restrição de ordem física ou problemas de saúde e psicossociais que possam colocar em risco a sua performance durante todo o programa.

    PRÉ-REQUISITOS

    • Maior de 18 anos.
    • A certificação de NR 35 – Trabalhador autorizado em altura não é necessário para realização do curso, mas é altamente obrigatório para profissionais que irão realizar instalação em altura.
    • Apenas alunos que cursaram o Expert em sistemas de ancoragem ou o Supervisor em sistemas de ancoragem poderão realizar o treinamento de Projeto e cálculos de linha de vida.
    • Caso não tenha feito o treinamento de Expert ou Supervisor, esse aluno terá que realizar o treinamento completo.

    Para o treinamento de Projeto e cálculo de dispositivos de ancoragem do tipo A e C ressaltamos que:

    CONFORME DETERMINAÇÃO DO CREA, SOMENTE PROFISSIONAIS NA AREA DE ENGENHARIA CIVÍL OU MECANICA PODEM ELABORAR E CALCULAR PROJETOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM.

    A certificação do curso não habilita profissionais que não sejam engenheiros civis e mecânicos a assinar projetos de linha de vida.

     

    COMPRE JÁ
    Depoimentos
    Aluno 2

    Curso Fantástico!

    Aluno 1

    Inexplicável ! Faça e Comprove a experiência